top of page

Fjällräven também tem roupa e muitas novidades

Em Portugal, a marca de moda sueca, fundada em 1960 pelo empreendedor Ake Nordin, é mais conhecida pelas mochilas mas, na coleção de primavera/verão 2023, há leggings, impermeáveis, blusões, camisas, calças, calções, gabardinas, camisolas sem mangas e bonés, ecológicos e resistentes.



Há (muito) mais do que mochilas na nova coleção da marca sueca criada em 1960 pelo empreendedor Ake Nordin. "À medida que o munda entra, cautelosamente, num período pós-pandemia mais otimista, a Fjäll­räven olha para o futuro com uma humildade renovada. Cuidar dos outros e da natureza é mais importante do que nunca e é esse, cada vez mais, o foco da marca", esclarece a empresa no comunicado de imprensa emitido para promover a coleção de primavera/verão 2023 da etiqueta escandinava.


Fjällräven Classic, o evento anual de trekking que a companhia lançou em 2005 e que ocorre na Suécia, na Dinamarca, na Alemanha, no Reino Unido, nos EUA e na Coreia do Sul, regressa em 2023 para inspirar mais pessoas a sentirem-se em casa na natureza. Esta iniciativa tem também servido para testar algumas das novidades que a marca lançado no mercado nos últimos anos, como é o caso de peças leves e de secagem rápida, mas ainda assim duradouras, em tecidos como o G-1000 Air Stretch.


"Esta estação, a Fjällräven introduz também uma nova coleção de mochilas de hiking na família Abisko. Todas elas desenvolvidas com designs e materiais atualizados e funcionais e revestimentos na zona das costas feitos com uma nova malha que permite ventilação extra", refere ainda o documento. As novas adições à coleção de leggings, criadas e testadas por uma equipa de desenvolvimento composta por mulheres, para garantir um ajuste confortável e inclusivo, incluem dois modelos de trekking.


"Ambos com um cós alto, materiais funcionais e bolsos ergonómicos", informa a Fjällräven. "As Abisko Trekking Tights HD são extra resistentes e feitas com um tecido elástico duradouro resistente à água. Por sua vez, os Abisko Short Tights são ideais para garantir liberdade de movimento nas condições mais quentes", esclarece ainda. Mais amigas do ambiente, as novas propostas usam matérias-primas mais ecológicas em alternativa aos compostos perfluorados, nocivos para o meio ambiente.


"O caminho não foi fácil porque as opções eram poucas e foi necessário pensar nos possíveis efeitos adversos de utilizar outros materiais. Mesmo assim, em 2015 a Fjällräven lançou os premiados casacos e calças Keb Eco-Shell e tem, desde então, vindo a trabalhar para continuar a melhorar os seus produtos de trekking e everyday outdoor neste sentido. A Fjällräven introduziu ainda revestimentos livres de PFCs na sua linha Bergtagen, destinada a condições mais adversas", informa. Mas há mais novidades.



Para caminhadas (mais) seguras e secas, há novas propostas. "Esta estação, a Fjällräven introduz duas novas adições na sua linha de peças impermeáveis, o High Coast Hydratic Trail Jacket e o Vardag Hydratic Anorak, que oferecem funcionalidade respirável e impermeável num design intemporal tanto para os trilhos como para fora deles", sublinha a marca. Nas mochilas, também há novos lançamentos. "A nova Kajka 35 é uma versão mais compacta da premiada linha de mochilas de trekking Kajka", revela ainda.


"Apesar de mais pequena, a Kajka 35 combina a mesma funcionalidade, durabilidade e versatilidade", assegura a Fjällräven. "Aqueles que querem fazer caminhadas mais longas podem adicionar dois bolsos espaçosos para aumentar o volume da mochila. Tal como a Kajka original, a estrutura desta mochila é feita com bétula com certificação FSC [Forest Stewardship Council] e ajustável para que se adapte perfeitamente a todos os comprimentos de costas", acrescenta ainda a marca sueca.





Commentaires


bottom of page