top of page

Horta e jardim. O que plantar em cada mês

Nada como uma boa planificação para exibir permanentemente vasos e canteiros floridos, terraços coloridos e/ou até mesmo um horto cuidado. Saiba de antemão quais são as espécies botânicas e as hortícolas a semear ao longo do ano e comece já a programar as próximas sementeiras.



A primavera é a estação do ano em que os jardins se encontram no seu máximo esplendor. Mas, para que isso suceda, é preciso ter semeado e plantado antes as espécies mais adequadas a essa estação. Para que saiba quais as variedades florais que deve semear em cada uma das épocas, elaborámos um guia mensal que também lhe indica as sementeiras que deve fazer na sua horta, nos seus canteiros ou nos seus vasos, para que se possa organizar de uma forma eficiente.


Janeiro


O primeiro mês do ano está longe de ser aquele que mais trabalho exige no seu jardim. Nesta época, a grande maioria das plantas encontra-se em descanso vegetativo. Ainda assim, depois de desfazer a árvore de Natal e de arrumar todas as prendas que a sua família recebeu durante a quadra natalícia, pode semear petúnias, ervilhas-de-cheiro e gipsófilas. Também pode plantar espécies anuais de verão, bienais, rosas e bolbos de vaso.


Esta é uma boa altura para o fazer. Se tem uma horta ou se gosta de fazer experiências no seu quintal ou até mesmo num dos cantos da sua varanda, pode sempre semear agriões, alfaces, cebolas, coentros, espinafres e nabiças. Para além das sementeiras da época, há outras tarefas a empreender. Cavar os canteiros para as plantações de primavera é uma dessas ações. Aplique, de seguida, adubo orgânico e misture-o com o terreno.


Fevereiro


O Carnaval aproxima-se a passos largos mas a máscara que vai usar nas celebrações deste ano não pode ser a única coisa a ocupar a sua mente. Nesta altura do ano, deve ter as tesouras de poda sempre prontas para os trabalhos de poda. Tudo o que se encontre seco, deteriorado ou com mau aspeto deve ser removido. Esta é também a altura em que deve plantar coníferas, árvores de sombra de folha caduca e espécies de folha perene.


Esta é ainda uma boa época para semear cóleos e ainda ervilhas-de-cheiro e gipsófilas, caso não o tenha feito em janeiro, além de petúnias, cravos-túnicos e ageratos, a manter em tabuleiros protegidos até passarem os riscos de geada. Na horta, é tempo de semear abóboras, acelgas, agriões, aipos, alfaces, alho-francês, beterrabas, cebolas, coentros, couve-galega, couve-de-repolho, couve-tronchuda, nabos, rabanetes, salsa e tomate.


Março


Com a primavera à porta, não espere demais para começar a preparar o espetáculo de cor que inundará o jardim nos próximos meses. Meta mãos à obra e semeie ásteres, cóleos, cravínias, crisântemos, estatices, gipsófilas, verbenas e zínias, além de ageratos, petúnias e cravos-túnicos. Na horta, este é um dos meses de maior atividade no que se refere a plantações e sementeiras. É tempo de abóboras, acelgas, agriões, aipos e alfaces.


Na lista de tarefas deve também considerar a plantação de alho-francês, beldroegas, beringelas, beterrabas, cebolas, coentros, couve-brócolo, couve-de-bruxelas, couve-galega, couve-lombarda, espinafres, melancias, melões, nabiças, nabos, pepinos, pimentos, rabanetes, salsa e tomates são as espécies que deve semear. Para além das sementeiras e das plantações da época, há outras tarefas. Pode as roseiras até meio do mês.


Abril


Enquanto vai pensando nos seus planos para a Páscoa, centre as suas atenções nos bolbos estivais. Comece a adubar e a incrementar as regas à medida que a temperatura vai subindo. No que respeita a novas sementeiras, esta é uma boa altura para empreender as de artemisas e cosmos ao sol e as de astilibes à sombra, mas também de ásteres, cóleos, cravínias, estatices, gipsófilas e zínias. Continue a plantar crisântemos para dar cor ao jardim.


Na horta, semeie abóboras, acelgas, agriões, aipos, alfaces, alho-francês, beldroegas, beringelas, beterrabas e cenouras. Coentros, couve-brócolo, couve-de-bruxelas, couve-nabiça, espinafres, melancias, melões, nabiças, nabos, pepinos, pimentos, rabanetes, salsa e tomates são outras das sementeiras que também pode (e deve) fazer ao longo deste mês.

Lembre-se de cortar as sebes e de fazer as podas da época e de aparar e adubar o relvado.


Maio


Este é o mês em que se verifica uma profusão de flores nos jardins. Aproveite o bom tempo que se começa a fazer sentir e plante os bolbos e tubérculos que florescem já no verão ou no próximo outono, assim como begónias, dálias, ásteres, cóleos, cravínias, crisântemos, estatice, gipsófilas e zínias. Na horta, a lista de sementeiras não varia muito em relação aos meses anteriores. Semeie abóboras, acelgas, agriões, aipos, alfaces e alho-francês.


Esta também é uma boa época para semear beldroegas, beterrabas, cenouras, coentros, couve-brócolo, couve-de-bruxelas, couve-nabiça, espinafres, flor de mostarda, melancias, melões, nabiças, nabos, pepinos, pimentos, rabanetes, salsa e tomates. Este mês, as suas rosas necessitam de ajuda para florescerem. Selecione os melhores botões e elimine os piores. Elimine as folhas secas e os ramos doentes e aplique fertilizante baixo em azoto.


Junho


A sua mente já só pensa na praia, nas sardinhadas, nas festas dos santos populares e nos feriados que se aproximam mas, se quer mesmo ter um jardim bonito e florido, tem de arranjar tempo para calçar as luvas e enfiar as mãos na terra. Esta época é indicada para plantar vivazes, maciços à base de áster, rudbéquias, heliantos e bolbosas como os gladíolos, begónias e agapantos e semear gipsófilas, goivos, miosótis e prímulas.


Na horta, continua a ser tempo para semear abóboras, acelgas, agriões, alfaces, beldroegas, cenouras, coentros, couve-brócolo, couve-de-bruxelas, couve-nabiça, espinafres, rabanetes, flor-de-mostarda e salsa. Nesta época, convém estar muito atento às necessidades hídricas das plantas para evitar que tenham um final menos feliz. Duas regas diárias, uma no início da manhã e outra antes de anoitecer, começam a ser vitais para muitas espécies botânicas.


Julho


Nesta altura, só já pensa nas férias e nos mergulhos que irá dar ou na tal viagem que irá finalmente fazer. Este é, contudo, também o mês em que deve plantar as espécies com cores garridas que vão encher as suas jarras lá de casa no inverno. É tempo de plantar petúnias, salvas e cravos-túnicos, além de ásteres, goivos, gipsófilas, prímulas e miosótis.

Na horta, se ainda não o fez, semeie acelgas, agriões, alfaces, beldroegas e beringelas.


A lista inclui ainda beterrabas, cenouras, coentros, couve-brócolo, couve-de-bruxelas, couve-chinesa, couve-galega, couve-lombarda, couve-nabiça, couve-de-repolho, couve-tronchuda, espinafres, rabanetes e salsa. Para além das sementeiras, há outras tarefas a empreender. Além de ser conveniente colocar tutores nas plantas mais altas, regue com frequência, preferencialmente ao final da tarde. Suprima as flores velhas das plantas.


Agosto


Enquanto aproveita para relaxar e procurar o bronze que andou os últimos meses a ambicionar, o jardim continua a celebrar a grande festa do tempo quente que faz luzir uma panóplia de cores e cheiros sem fim. Se não estiver demasiado calor ou um tempo demasiado seco, transplante as bienais de primavera a partir das bandejas de sementeira e semeie amores-perfeitos, ásteres, centáureas, goivos, linho-de-jardim e margaridas.


Além de coníferas de floração primaveril e de prímulas, sálvias e verbenas, existem outras flores da época, que podem ser adquiridas em centros de jardinagem. Na horta, além de acelgas, agriões, alfaces, cenouras, coentros, couve-brócolo e couve-de-bruxelas, semeie couve-galega, couve-lombarda, couve-nabiça, couve-de-repolho, couve-tronchuda, espinafres e salsa. As regas sucessivas empobrecem e secam o solo, que deve ser adubado.


Setembro


Com o regresso às aulas e ao trabalho, o seu jardim passa a exigir novos cuidados. No que respeita a sementeiras e plantações, semeie bolbos de outono de floração primaveril, nomeadamente túlipas, narcisos, muscaris e crocos, além de amores-perfeitos, ásteres, centáureas, goivos, linho-de-jardim, margaridas, prímulas, sálvias e verbenas. Na horta, a lista não se altera muito. É tempo de investir em agriões, alfaces, beldroegas e cebolas.


É também época de semear cenouras, couve-brócolo e couve-de-bruxelas, couve-flor, couve-galega, couve-lombarda, couve-nabiça, couve-de-repolho, couve-tronchuda. Espinafres, nabiças, nabos, nabo-greleiro, rabanetes, rábano, coentros e salsa são outras das sementeiras que deve fazer. Já pode colocar os bolbos de outono de floração primaveril, como tulipas, narcisos, muscaris ou crocus, em vaso ou diretamente no solo do jardim.


Outubro


A partir desta altura, o vermelho, o laranja, o ocre e o castanho são as cores que dão um encanto especial ao jardim. As folhas que começam a cobrir os solos tendem a provocar mais danos do que benefícios. Além de ter de as limpar para proteger outras espécies, não pode também descurar as sementeiras e plantações típicas desta época, como é o caso de crocus, muscaris, arbustos perenes, coníferas, sebes, amores-perfeitos, ásteres e centáureas.


Goivos, linho-de-jardim, margaridas, prímulas, sálvias e verbenas são outras das variedades florais a incluir na listagem. Na horta, pode semear agriões, alfaces, alho-francês, couve-flor, couve-galega, couve-lombarda, couve-nabiça, couve-de-repolho, couve-tronchuda, espinafres, flor-de-mostarda, nabiças, nabos, nabo-greleiro, rabanetes, rábano e salsa. Se semeou bienais de verão, comece agora a executar a sua plantação. Reduza as regas.


Novembro


Com a chuva e o frio, chega novamente o tempo de proteger e de limpar as espécies do seu jardim. Uma vez que toda a proteção é pouca para o período de frio que se avizinha, não adie esta tarefa para muito mais tarde. Se quer ter um jardim florido, vistoso e cheiroso na próxima primavera, aproveite ainda para semear arábides, jacintos e alhelies, além de amores-perfeitos e ervilhas-de-cheiro. Na horta, é tempo de semear agriões e alfaces.


Cebolas, coentros, couve-flor, couve-tronchuda, espinafres, nabiças, nabos, nabo-greleiro, rabanetes, rábano e salsa também entram na lista. Em novembro, continue a plantação de bolbos e arranque as plantas anuais que terminaram a floração, para as voltar a plantar quando for novamente altura. Inicie a poda das roseiras e, em particular, das trepadeiras. Cave os canteiros vazios e estrume-os, preparando-os para as próximas sementeiras.


Dezembro


Este é o mês em que o espírito natalício e o stresse da compra de presentes se apoderam do mundo. Sendo dezembro um dos meses mais frios do ano, as flores e as plantas necessitam de cuidados especiais para fazerem face às baixas temperaturas, ao gelo, à geada e, nalguns casos, à neve. No que respeita a sementeiras e plantações, as últimas semanas do ano devem ser aproveitadas para plantar amores-perfeitos e prímulas e não só.


É também uma boa altura para plantar ervilhas-de-cheiro, tulipas, rosas e vivazes. Na horta, é tempo de semear agriões, alfaces, cebolas, coentros, nabiças e salsa. Para além das sementeiras, há outras tarefas a empreender. As plantas devem ser regadas com (muita) moderação. As folhas murchas dos crisântemos devem ser cortadas. Faça estacas para proteger as espécies botânicas que resistem mal à humidade e às baixas temperaturas.

Commenti


bottom of page