top of page

Marcelino Sambé promove calçado nacional

O bailarino clássico português de 28 anos, que tem ascendência guineense, é o rosto da campanha que pretende divulgar internacionalmente esta indústria nos próximos meses. Em 15 anos, as exportações portuguesas aumentaram 67% e já ultrapassam atualmente os dois mil milhões de euros.



Marcelino Sambé foi o escolhido pela Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos (APICCAPS) para protagonizar a nova campanha publicitária que pretende promover o calçado nacional internacionalmente. Bailarino principal da prestigiada companhia de dança bailado britânica Royal Ballet desde 2019, o artista português de 28 anos, que tem ascendência guineense, dá agora corpo e movimento a um setor de produção que, ano após ano, se tem sabido reinventar.


"Há 15 anos que a indústria do calçado celebra as artes e a cultura nacional, caminhando a seu lado em direção ao futuro. Nesse período, as exportações portuguesas de calçado aumentaram 67% e ascendem agora a 2.011 milhões de euros, segundo uma estimativa APICCAPS, e a mais de 80 milhões de pares de sapatos produzidos", informa a organização em comunicado de imprensa. A produção fotográfica foi feita no Porto, na Casa da Música e a Piscina das Marés, uma das obras mais reconhecidas do arquiteto Siza Vieira.


Marcelino Sambé, recentemente eleito personalidade do ano pela Associação da Imprensa Estrangeira em Portugal (AIEP), tinha apenas cinco anos quando começou. "Sempre me achei diferente dos outros miúdos. Mas, sempre que dançava sentia que os olhos estavam em mim de forma diferente. Sentia-me especial", assume. As boas exibições no Centro Comunitário do Alto da Loba levaram-no à Escola de Dança do Conservatório Nacional. A participação num concurso na Suíça valer-lhe-ia um convite para o Royal Ballet.



Commentaires


bottom of page