top of page

Musse de chocolate com flor de sal

De origem francesa, é uma das sobremesas mais apreciadas um pouco por todo o mundo. A receita que mais se aproxima à que ingerimos hoje terá sido desenvolvida no início do século XX pelo prestigiado artista plástico francês Henri de Toulouse-Lautrec, que lhe chamou originalmente maionese de cacau.



Charles Fazi, cozinheiro do rei francês Luís XVI, foi o primeiro a gabar-se de conseguir a primeira musse de chocolate, uma espuma obtida com a mistura de leite com cacau. Estava, no entanto, longe daquela que, nos dias de hoje, um pouco por todo o mundo, faz as delícias de milhares. A receita que mais se aproxima à que ingerimos atualmente terá sido desenvolvida no início do século XX pelo prestigiado pintor, ilustrador, caricaturista e gravador francês Henri de Toulouse-Lautrec, que na altura lhe chamou maionese de cacau.


Ingredientes


200 gr de chocolate preto

150 gr de manteiga

6 ovos

170 gr de açúcar

1 pitada de flor de sal


Preparação


1. Parta o chocolate em pedaços e reserve para utilização posterior.


2. Leve um tacho médio ao lume com água e lá dentro, num tacho mais pequeno, misture o chocolate com a manteiga e derreta, em banho-maria, mexendo sempre. Retire do lume e reserve.


3. Separe as gemas das claras. Numa tigela, bata as gemas com um garfo ou com uma vara de arames. Adicione o chocolate derretido ainda morno e reserve.


4. Bata as claras em castelo. Adicione, de seguida, o açúcar, colher a colher, até obter um preparado homogéneo.


5. Junte o creme de chocolate ao preparado das claras, envolvendo-os cuidadosamente até obter uma mistura uniforme.


6. Verta a musse numa taça de servir e leve ao frigorífico durante, pelo menos, três horas. No momento de servir, polvilhe-a com flor de sal.


Sugestões


Em vez de chocolate preto, pode usar chocolate de leite, chocolate branco ou até mesmo ruby. Em alternativa à flor de sal, pode polvilhar a musse com canela, raspas de chocolate e/ou coco ralado.

Commentaires


bottom of page