top of page

5 erros a evitar das próximas vezes que usar o micro-ondas

É muito prático mas, ao contrário do que muitos julgam, há alimentos, confeções gastronómicas e até materiais que nunca devem ser colocados lá dentro. Saiba já quais são e porquê e descubra ainda os cuidados que deve ter sempre que usar este útil eletrodoméstico.



É muito prático, rápido e fácil de usar, o que faz com que milhões de pessoas em todo o mundo recorram diariamente ao micro-ondas para aquecer alimentos e preparados gastronómicos e também para cozinhar. Este método de confeção permite conservar um grande número de vitaminas e minerais por causa do vapor que as ondas eletromagnéticas produzem no seu interior durante o funcionamento. Existem, no entanto, cuidados a ter e erros a evitar para garantir a sua saúde e a sua segurança.


1. Utilizar utensílios impróprios


Como o metal é condutor de energia, nunca deve levar ao micro-ondas recipientes como tachos e panelas nem acessórios metálicos como os talheres, uma vez que podem fazer faísca em contacto com as ondas eletromagnéticas ativadas após a ligação do eletrodoméstico. Para além dos utensílios próprios para micro-ondas, deve privilegiar o vidro e a cerâmica.


A madeira também não é recomendada, alerta a maioria dos fabricantes deste eletrodoméstico. Ao descongelar alimentos, deve sempre remover os sacos de plástico. O papel de alumínio e o papel vegetal também são desaconselhados, tais como as embalagens dos pacotes de leite e de natas, que contêm metal no seu interior.


2. Descongelar alimentos


Apesar de ser uma das principais utilizações que muitos dos seus proprietários lhe dão, deve evitar usar o micro-ondas para descongelar alimentos. Como a distribuição das ondas eletromagnéticas não é homogénea no interior do aparelho, há partes que ficam cozinhadas e outras que permanecem em gelo e, nessas, podem desenvolver-se bactérias na origem de várias doenças alimentares.


Os autores de um estudo científico divulgado pela plataforma internacional IEEE, que agrega milhares de cientistas internacionais, recorreram a um modelo de simulação computacional para o demonstrar e conseguiram prová-lo. Desaconselham, por isso, a sua utilização para este fim.


3. Misturar alimentos indiscriminadamente


Há quem goste de aproveitar para aquecer vários restos de comida ao mesmo tempo, outro erro a evitar. Alguns alimentos são mais densos do que outros e a quantidade de água que incluem no seu interior também é diferente, pelo que, ao associar ingredientes alimentares, deve procurar misturar apenas aqueles que tenham consistências semelhantes. A de um bife ou de uma batata-doce, por exemplo, é diferente da de uma sopa ou de um creme, pelo que convém ter sempre esse fator em conta.


4. Desrespeitar as regras do fabricante


De acordo com a Organização Mundial de Saúde, estes eletrodomésticos são concebidos de forma a garantir que as ondas eletromagnéticas só são ativadas quando o micro-ondas é ligado com a porta fechada, pelo que a sua segurança está, à partida, salvaguardada, desde que as normas de utilização sejam devidamente cumpridas.


Este organismo internacional alerta, no entanto, para possíveis fugas causadas pelo manuseamento incorreto do equipamento ou até pela sua má manutenção. O excesso de sujidade e/ou a existência de danos internos pode afetar o isolamento interno do aparelho. Nesse caso, não o deve usar. Também nunca o deve ligar com a porta aberta nem utilizá-lo no caso do sistema de fecho estar quebrado.


5. Não tapar a comida


É outro dos erros mais comuns que os especialistas identificaram numa das análises de utilização que fizeram. Alguns alimentos, devido às suas características internas e/ou devido à presença de gordura, podem explodir se estiverem em contacto com as micro-ondas do aparelho durante um período de tempo mais prolongado.


Para além de inviabilizar a sua utilização imediata, essa situação tem ainda a desvantagem de sujar o interior do eletrodoméstico, obrigando a limpá-lo com produtos que podem ser abrasivos e que podem afetar o seu sistema de isolamento. Tapar a comida com uma tampa de plástico própria para micro-ondas que não toque nos alimentos antes de o ligar é a forma correta de proceder.

Comentarios


bottom of page